ACNUR > Informação geral > Embaixadores da Boa Vontade

Embaixadores da Boa Vontade

Embaixadores da Boa Vontade do ACNUR

Artistas, intelectuais, atletas e cantores estão entre as celebridades que têm dedicado parte do seu tempo e sua imagem perante o público a causas humanitárias internacionais. Muitos deles o fazem em parceria com órgãos das Nações Unidas, como o ACNUR.

Apesar das diferentes carreiras, os Embaixadores da Boa Vontade possuem algo em comum: a disposição em usar seu tempo e influência para ajudar aquelas pessoas forçadas a deixar suas casas devido a perseguições ou conflitos.

Ao usarem o potêncial que têm para atrair atenção do público e da mídia, eles despertam a solidariedade em prol das milhões de pessoas que são obrigadas a deixar suas casas todos os anos. Além disso, permitem o uso de sua imagem em campanhas de arrecadação de fundos e dão voz à causa dos refugiados.

Dentre as atividades que um embaixador da Boa Vontade pode desempenhar estão contatos com a mídia, buscando sensibilizar o público; organização e participação em eventos voltados para refugiados; concessão de sua imagem para uso em campanhas de arrecadação de fundos, cartazes, etc.; visita aos refugiados, conhecendo melhor a realidade em que vivem; entre outros.

Entre os Embaixadores da Boa Vontade do ACNUR, estão a cantora clássica Barbara Hendricks (nomeada em 1987), o ator egípcio Adel Imam (2000), a atriz norte-americana Angelina Jolie (2001), o estilista italiano Giorgio Armani (2002), o cantor e compositor francês Julien Clerc (2003), o cantor grego George Dalaras (2006), o cantor uruguaio Osvaldo Laport (2006), a cantora turca Muazzez Ersoy (2007) e o apresentador de televisão espanhol Jesús Vázquez (2008).

Título