Iraque

Milhões de iraquianos foram forçados a abandonar suas casas depois de décadas de conflito e violência.

Aterrorizados, muitos escaparam apenas com as próprias roupas. Agora, com o fim de seus recursos financeiros limitados, eles precisam desesperadamente de ajuda de emergência.

Doe agora

2,1 milhões

de deslocados internos no Iraque em 30 de abril de 2018

Mais de 300.000 mil

de deslocados em assentamentos informais, incluindo prédios inacabados e abandonados

 

Estatísticas completas

Dados de 14 de maio de 2017

ACNUR/Ivor Prickett

“Não tínhamos outra opção senão ir embora. Não era seguro para nossos filhos. Nós deixamos tudo – nossas roupas, nossos móveis, até nossa comida”.

Nafa Jihad, 40 anos, pai

Mais de 3 milhões de iraquianos foram deslocados em todo o país desde o início de 2014 e mais de 260.000 são refugiados em outros países. Execuções em massa, violações sistemáticas e atos de violência são generalizados. Os direitos humanos e o estado de direito estão sob constante ataque. Estima-se que, atualmente, mais de 11 milhões de iraquianos necessitem de assistência humanitária.

Mais de 1,5 milhão de pessoas refugiaram-se no Curdistão iraquiano, onde uma em cada quatro pessoas é um refugiado ou um deslocado interno. Comunidades, autoridades e infraestrutura estão à beira do colapso.

 

O que o ACNUR está fazendo para ajudar?

O ACNUR está no Iraque e nas regiões próximas, fornecendo proteção, ajuda e itens básicos como tendas e colchões. Mas à medida que a situação piora, nossos mantimentos estão se esgotando.

O seu apoio é fundamental.