Tamanho do texto A A A

Brasil anuncia doação de US$ 960 mil para palestinos na Faixa de Gaza

Verba, destinada à agência da ONU, comprará alimentos e material escolar para refugiados, que agradeceram, com cerimônia, cantando cantiga de roda em português.

Verba, destinada à agência da ONU, comprará alimentos e material escolar para refugiados, que agradeceram, com cerimônia, cantando cantiga de roda em português.

Daniela Kresch, da Rádio ONU em Tel Aviv.

O Brasil formalizou,  nesta quinta-feira, uma doação de US$ 960 mil, equivalente a R$ 1,7 milhão, para a agência das Nações Unidas de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, na Faixa de Gaza.

Um memorando de entendimento foi firmado na Cidade de Gaza entre a embaixadora Lígia Maria Scherer, do Escritório de Representação do Brasil em Ramallah, na Cisjordânia, e o comissário-geral da Unrwa, Filippo Grandi.

Contribuição

Na cerimônia, a representante do Brasil na Palestina anunciou a doação de mais US$ 7,5 milhões à Unrwa, como parte de uma contribuição, aprovada em 2009, durante a Conferência de Sharm Al-Sheik, no Egito. Na época, o Brasil se comprometeu em doar um total de R$ 25 milhões para Gaza.

A embaixadora Lígia Maria Scherer falou à Rádio ONU, de Ramallah, sobre a doação prometida após a operação israelense iniciada no final de 2008.

“Isso faz parte do nosso apoio, da nossa ajuda humanitária à reconstrução de Gaza. Faz parte desse apelo à comunidade internacional depois daquela operação aqui, em 2008 e 2009, houve uma conferência e o Brasil quis também contribuir para a recuperação, a reconstrução.  Você sabe que as contribuições são pela Nações Unidas?”.

Programa

É a primeira vez que o Brasil faz uma doação específica para a Unrwa na Faixa de Gaza, já que o dinheiro deve ser usado inteiramente no território.

Pouco mais da metade da verba servirá para comprar 900 toneladas de farinha de trigo para distribuição entre cerca de 30 mil refugiados no âmbito do programa “Social Safety Net”, da Unrwa.

Os restantes US$ 460 mil vão ser usados para a compra de mesas e carteiras para  parte dos 218 mil alunos matriculados nas escolas da Unrwa em Gaza.

A embaixadora Sherer se impressionou com a situação na região, apesar dos esforços de reconstrução.

Cantiga em Português

“A situação é muito difícil, muito dramática,  muito triste. Nós tivemos aqui na escola, estivemos no Campo de Refugiados de Jabalyia, visitamos duas famílias integradas que justamente estão integradas programa de assistência social que se chama “Safety Net”. Casas muito muito pobres, é uma situação muito difícil, muito precária”.

A cerimônia aconteceu na Escola Preparatória de Meninas Rimal, na Cidade de Gaza, que foi toda enfeitada de verde-e-amarelo.

Além da assinatura, houve apresentações de teatro e dança. As crianças cantaram até mesmo uma cantiga de rodas em português em homenagem ao país doador.