Desde a década de 1990, nos comprometemos cada vez mais com a proteção do meio ambiente e com os desafios ambientais associados ao recebimento de uma grande população em uma pequena área. No decorrer das últimas duas décadas, estabelecemos programas e iniciativas voltados para melhorar a gestão ambiental sustentável com o objetivo de reduzir a degradação ambiental e melhorar os recursos disponíveis para os deslocados, bem como para as comunidades que os acolhem.

Os desastres e as mudanças climáticas são uma preocupação crescente. Desde 2009, estima-se que a cada segundo uma pessoa é deslocada em razão de um desastre ambiental, com uma média de 22,5 milhões de pessoas deslocadas por eventos climáticos ou relacionados ao clima desde 2008 (IDMC 2015). O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, em inglês) projeta um aumento no número de deslocados ao longo deste século.

A maioria das pessoas sob o mandato do ACNUR está concentrada nas áreas mais vulneráveis ​​do mundo. As mudanças climáticas irão forçar as pessoas rumo à pobreza e ao deslocamento, exacerbando os fatores que levam a conflitos, tornando ainda mais complexas as necessidades humanitárias e as respostas nessas situações.

Estamos profundamente preocupados com os enormes desafios de proteção levantados por desastres e deslocamentos relacionados com o clima, e trabalhamos com outras agências e uma série de parceiros para proteger as pessoas em risco.

Leia mais sobre o ACNUR, o meio ambiente e as mudanças climáticas (em inglês).